Sou muito grato ao Deus da Vida e Misericórdia, que olhou para a humildade deste servo e me chamou ao seu serviço. Sou grato à Diocese de Chapecó, aos seus bispos e aos colegas presbíteros, pelo apoio e amizade. Grato ao povo de Deus onde vivi e com quem trabalhei (em Chapecó, Juiz de Fora, Xanxerê e Faxinal dos Guedes) e a um milhão de amigos e amigas pela força na caminhada, de tantas maneiras. Grato a Descanso onde fui ordenado (8.12.73) e Leste, onde concelebramos a 1a. missa… Deus recompense e abençoe a todos, especialmente a quem muito me ajudou e a quem muito me desafiou, por críticas e contestações… Perdão pelas minhas inúmeras fraquezas e limites. Somos servos inúteis, a obra é de Deus.

Anúncios