Neste dia 24 de janeiro, Francisco lançou a reflexão para o Dia Mundial dos Meios de Comunicação (28 de maio). Compara a comunicação com o moinho. Pode moer coisas boas ou ruins. As pessoas precisam saber discernir e digerir…Eis um trecho de sua alocução:

A mente do homem está sempre em ação e não pode parar de «moer» o que recebe, mas cabe a nós decidir o material que lhe fornecemos (cf. Cassiano o Romano, Carta a Leôncio Igumeno).
Gostaria que esta mensagem pudesse chegar como um encorajamento a todos aqueles que diariamente, seja no âmbito profissional seja nas relações pessoais, «moem» tantas informações para oferecer um pão fragrante e bom a quantos se alimentam dos frutos da sua comunicação. A todos quero exortar a uma comunicação construtiva, que, rejeitando os preconceitos contra o outro, promova uma cultura do encontro por meio da qual se possa aprender a olhar, com convicta confiança, a realidade.

Anúncios