QUANDO RAIAR A JUSTIÇA


O Judiciário vai conceder

a quem quer que seja

o direito de responder,

especialmente na Veja,

e em toda a mídia, em notas,

a contestação de suas lorotas.

 

No Supremo as sentenças e lidas

não vestirão cor política,

nem ficará o dito pelo não dito,

e não haverá veredicto

com dois pesos e duas medidas.

Suas votações e decisões

não serão por conveniências

nem por escusas pressões,

nem por medo da inconveniência

das midiáticas repercussões.

 

O Ministério Público denunciará

também partidos e políticos da direita,

suas falcatruas e improbidades,

seus desvios e suas maldades.

Estar com ela, de mãos dadas,

não significa que seja imaculada.

 

A Polícia Federal exercerá sua função

com ética, isenta e imparcial,

e, sem ninguém lhe molhar a mão,

a todos investigará de modo igual.

 

A Justiça vai investigar e julgar

a entreguista tucana privataria

e fazer da dívida a auditoria…

Revelar quem faturou ilicitamente

quando o Brasil dobrou as pernas

ao FMI, em dívidas eternas,

e às multinacionais, quase por nada,

deu as estatais de mão beijada!…

 

Quando raiar  a JUSTIÇA de fato

os atores da “Lava Jato”

não mais nos farão de bobos,

e depoimentos e delações em sigilo

não serão compartilhadas com a Globo.

E a remuneração superior ao teto constitucional

os quase deuses da justiça vão devolver.

E auxílio moradia, e outros e mais outros,

eles vão pedir pra não receber…

 

Quando raiar a justiça

Dissipam-se as trevas

Do golpe e da cobiça.

(2017)

Anúncios