“Quem perde sua vida por causa de mim, vai encontrá-la.” (Mt 16,25)

 

Assim como age o Deus da vida

Comigo e com toda humanidade,

A entrega em oferenda é a medida,

Servindo com plena liberdade.

 

Não tenho posse de ninguém,

Nem sou de alguém propriedade.

A existência me chama a ir além:

Minha vida ser plena gratuidade.

 

De todos e todas procuro ser

Simples e humilde servidor.

Fujo de elogios e do aparecer,

Me conforta viver só por amor.

 

Ainda que haja cruz e calvário,

Indiferenças ou armadilhas,

Prossigo qual inútil operário

Acreditando até o fim na partilha.

 

Não me diminuo ao dividir;

No Reino o maior se faz pequenino,

Cresce o dom ao doar-se e repartir

Ser para os outros faz o humano divino.

(Ivo Pedro Oro – 30/07/2017)

 

 

Anúncios